Filtro multiplo get e params Spaguetti

$filter = array(
‘id > ‘=>0,
‘cancelado_id IS NULL’
);

#BEGIN – FILTRO DINÂMICO COM BUSCA E PAGINAÇÃO – VERFIICANDO GET E PARAMS
if($_GET):
$paramsF = array();
if(!empty($_GET[‘nome’]) || isset($params[‘nome’])):
$paramsF[] = ‘nome:’.$params[‘nome’];
endif;

if(!empty($_GET[‘status’]) || isset($params[‘status’])):
$paramsF[] = ‘status:’.$params[‘status’];
endif;

if(!empty($_GET[‘perPage’]) || isset($params[‘perPage’])):
$paramsF[] = ‘perPage:’.$params[‘perPage’];
endif;

$paramsF = join(‘/’,$paramsF);
$this->redirect(‘/admin/operadora/index/’.$paramsF);
endif;

if(!empty($params[‘nome’])):
$filter[] = ‘nome LIKE “%’.$params[‘nome’].’%”‘;
endif;

if(!empty($params[‘status’])):
$filter[] = ‘status_id = ‘.$params[‘status’];
endif;
#BEGIN – FILTRO DINÂMICO COM BUSCA E PAGINAÇÃO – VERFIICANDO GET E PARAMS

$perPage = ($params[‘perPage’]) ? $params[‘perPage’] : 20;
$all = $this->Operadora->paginate(array(
‘perPage’=>$perPage,
‘page’=>$this->page(),
‘conditions’=>$filter,
‘order’=>’nome ASC’
));
$this->set(‘all’,$all);

Dump da base mysql via ms-dos

Acesse a pasta bin de seu mysql, como por exemplo:

Xampp: c:/xampp/mysql/bin/
ou
Wamp: c:/wamp/bin/mysql/msyql1.30/bin/

depois adicione o seguinte comando:

mysqldump [banco] > [nomedoarquivo].sql -h [servidor ip(local ou remoto)] -u [login] -p

precione o Enter, depois irá pedir a senha e você digita e preciona o enter novamente.

Pronto, aguarde a té o fim da execução e o arquivo determinado estará na pasta /bin.

 

 

Entendendo o funcionamento do CEP

o CEP serve para identificar as e facilitar a entreta dos Correios, todos já sabem. O poucos sabem é como funciona, e o porque da numeração. O dividiu o país em 10 postais, estruturando o CEP no sistema decimal. Os 8 dígitos significam, da esquerda para a direita:

  1. x0000-000 (Região)
  2. 0×000-000 (Sub-Região)
  3. 00×00-000 (Setor)
  4. 000×0-000 (Sub-Setor)
  5. 0000x-000 (Divisor de sub-setor)
  6. 00000-xxx (Identificadores de distribuição)

Os e seus estados correspondentes:

  • 0 – Grande
  • 1 – Interior de
  • 2 – e Santo
  • 3 – Minas Gerais
  • 4 – e Sergipe
  • 5 – Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio
  • 6 – Ceará, Piauí, Maranhão, Pará, Amazonas, Acre, Amapá e
  • 7 – Distrito Federal, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso , Rondônia
  • Região 8 – Paraná e Santa Catarina
  • Região 9 – Rio Grande do Sul

Assim como o País está divido em 10 regiões postais (representados pelo algarismo), cada região está dividida em 10 sub-regiões (segundo), que geralmente é representada por e suas adjacências. Cada sub-região está divida em 10 setores (terceiro), depois são 10 sub-setores (quarto) e mais 10 dividores (quinto). Por fim, os três algarismos após o hífen são denominados de Identificadores de Distribuição e destinam-se à identificação individual de localidades, logradouros, códigos especiais e unidades do correio.

O Código de Endereçamento Postal (CEP) é um criado pelos Correios para facilitar e acelerar o encaminhamento da correspondência. De 1971 até 1992, ele teve cinco dígitos. Em 92 foram incluídos os últimos três algarismos, chamados de Identificadores de Distribuição.

Referência: http://www.iftk.com.br/wordpress/entenda-como-funciona-o-cep-e-o-motivo-de-tantos-digitos.html